INICIO

 

Saúde na Terceira Idade

É possível envelhecermos com saúde. Esta é uma boa notícia para todos, principalmente porque em grande parte depende de nós próprios e do nosso estilo de vida aquando jovens.

O envelhecimento não deve ser encarado como um factor impeditivo ou limitativo para o dia-a-dia do adulto. Assim, as doenças que surgem com a velhice podem e devem ser tratadas de forma eficiente na maior parte das vezes.

O simples facto de termos consciência da realidade do envelhecimento pode e deve mudar a nossa atitude perante os obstáculos que surjam. O envelhecimento deve assim ser encarado como um processo natural da vida do homem e da mulher, sendo que ao invés de nos preocuparmos em contrariar o inevitável (envelhecimento), devemos antes aceitá-lo e suavizá-lo, cuidando da nossa beleza e saúde.Quando se envelhece, o contacto com a medicina é mais frequente , principalmente na década dos 40.

Torna-se assim necessário prestar-se mais atenção às questões de saúde, pelas diferentes circunstâncias.
Na terceira idade existe tendencialmente um crescente de doenças crónicas, como a diabetes, a obesidade, a pressão alta ou a artrose, na sua maioria benignas e controláveis com a vigilância médica. O médico, por seu lado deve fornecer o máximo de informação possível para facilitar o processo de tratamento.

O médico de família ou clínico geral deve ser destacado, cabendo-lhe a coordenação do estado de saúde em geral do indivíduo, que deve ainda analisar a pessoa como um todo atendendo às suas características de personalidade, e meio envolvente.

O estado de saúde do indivíduo não depende apenas dos aspectos físicos, mas sim de um equilíbrio entre o aspecto físico e o emocional - estado biopsico-social. Para existir uma quebra no bem-estar da pessoa.

A abordagem actual da saúde responsabiliza mais directamente o indivíduo pelo seu estado de saúde, que para ser alcançada, carece de um esforço e de cuidados precoces na juventude. Podemos assim cuidar do nosso envelhecimento desde cedo, tomando as atitudes mais benéficas em relação ao nosso físico e psique. Determinados problemas de saúde surgem aquando o envelhecimento devido na maior parte das vezes a comportamentos inadequados e prejudiciais na juventude.

Infelizmente é comum observarmos que apenas quando as doenças surgem é que nos lembramos de cuidar da nossa saúde, sendo mais complicado de curá-las, cabendo apenas lugar aos tratamentos para atenuar a doença. A prevenção é indubitavelmente a nossa maior aliada para conseguirmos atingir um envelhecimento mais saudável.

Existem aspectos importantes a ter em conta na saúde das pessoas para usufruirem de um bem-envelhecer, bem como alguns cuidados a serem tomados (entre outros), começando pela dieta alimentar que fazemos:

Nutrição
Uma boa alimentação é fundamental em todas as idades. O alcoolismo e o tabagismo utilizados na idade adulta trazem sempre com o passar dos anos, malefícios à saúde. Já os benefícios decorrentes com o abondono desses hábitos existem sempre em qualquer altura.
Inatividade ou Sedentarismo
O exercício físico é vantajoso em qualquer idade, em termos físicos e psíquicos. Manter o corpo em movimento beneficia consideravelmente a nossa saúde tanto na altura em que este é praticado, como na terceira idade.
Uso Indescriminado de Medicamentos
As pessoas que utilizarem medicamentos devidamente com acompanhamento médico, tendem a sofrer menos efeitos colaterais do que as pessoas que comummente se auto-medicam. É necessário que exista uma participação mais consciente e activa no processo terapêutico, seguindo horários, as doses e a duração prescritas pelo médico.
Prevenção de Acidentes
A prevenção de acidentes é imprescindível para a saúde com o avançar da idade. Em casa deve haver uma boa iluminação dos espaços de passagem, os caminhos e pisos devem estar desimpedidos. No exterior deve ser tomada atenção aos sinais, veículos ou irregularidades do chão, entre outros.